Top 20 anos 2000: os melhores filmes de terror - Parte 2

Sunday, April 04, 2010 Mandy

Em Janeiro fiz uma postagem comentando um ranking do Blog Filmes do Chico. Hoje vou dar continuidade, e finalizar a lista, acrescentando mais algumas obras que assisti e gostaria de opinar! Os filmes que estarão embaixo não são os 20 melhores, mas filmes que assitir e que merecem comentários, sejam bons ou ruins!


A Sétima Vítima
Nota: 5
Achei o rítimo do filme lento e entediante. O filme me marcou tão pouco, que peguei ele para ver por conta da lista e acabei percebendo já ter visto. A temática é interesante, mas não me senti instigada ou assustada. Acho que fatlou mais dinãmica no desenvolvimento da história.

Jaume Balaguero



Abismo do Medo 2
Nota:  5
Mantenho minha opinião sobre o filme 1, acho que a história tem emoção, mas o final foi bem clichê. Poderia ter sido melhor explorado. Um filme que é bom para passar o tempo.

Neil Marshall


Possuídos
Nota:7
Já faz tempo que vi, mas gostei muito desse filme. Acredito que muita gente possa ter achado o filme chato, mas como a temática da Psicose é algo que me interessa, ele me chamou a atenção. Apesar do filme acontecer praticamente em um quarto de motel, acho que teve um bom movimento e boas atuações!



Session 9
Nota: 2
O filme prende a atenção com um mistério, mas ao invés de desenvolver a história ele fica enrrolando e tentando aumentar esse mistério. Bem no fim ele soluciona a história com uma justificativa bem clichê. Achei o filme uma perda de tempo. Não gosto de filmes que enrrolam para no último minuto darem um final rápido.
Acho que o filme tinha potêncial, mas que foi mal explorado.


Case 39
Nota: 5
Filme razoável, com uma temática já conhecida (não vou dar mais detalhes para não fazer spoiler). Acho que o trailer tem mais emoção que o filme, pois une todas as cenas mais importantes e faz o filme parecer um coisa totalmente diferente. Mais um filme para passar o tempo, nada demais.


Rec 1 e 2 
Nota: 10
Sou uma entusiasta de REC e tive a oportunidade de ver a continuidade desse filme. Temi que o filme perdesse o rumo com a continuidade, mas achei o filme muito bom! Esse é um estilo que gosto, e acho que foi dado um toque especial na continuação da história com as explicações que surgiram. Para quem gostou do um, vale a pena conferir, sem decepção! Para quem não gostou, não vá adiante!

Nota: 8
Resolvi assistir esse filme achando que não iria gostar. Li alguns comentários sobre a exibição do filme e vi que Lars o fez em um período onde passada por depressão, e que usou alguns de seus sonhos na obra. Foi questionado o porque do filme e ele se irritou e disse que ele era o melhro Diretor do cinema. Para mim, o porquê do filme ficou claro: é uma história de pessoas realmente perturbadas e das consequências que podem existir. Acho que o filme teve um roteiro bem elaborado. No meio do filme, existira algumas partes um pouco entediantes, mas logo depois o filme compensou com uma série de cenas bizarras. O prólogo e o epílogo foram bem bolados, gostei das cenas lentas e da música, passa uma certa ironia. Acho que essa é uma história de culpa e sofrimento, e de um casal que já não era muito normal. Ele mostra o que há de primitivo no ser humano. Não senti vontade de parar de ver o filme, como houve no seu lançamento, mas digo que algumas cenas são nauseantes.


Contato de Quarto Grau
Nota: 6
Acho que muita gente odiou esse filme. Eu concordo que em alguns momentos ele ficou repetitivo, mas  ele tinha argumentos e os usou. Assumo que fiquei com muito medo! Pesquei e soube que, apesar de Mila jurar que o filme é baseado em fatos reais, que ele é completamente fictício. Gostei das misturas de cenas "reais" com fictías, acho que deu um toque de realidade na história. O filme suas falhas, começando pelas atuações, mas mesmo assim ele tem outros elementos que o deixa bem perturbador. Vale a pena conferir, para quem gosta do estilo.

5 comments :

Mía said...

Não precisa ficar com medo não. só é cuidar direitinho.
Eu q fui lenta e bobiei, dancei =/

Eu gosto daquele filme com o John Kusac ou sei lá como se escreve haha do quarto e também de A Chave Mestra

péssima para guardar nome de filmes :S

Mía said...

Eu nunca usei a descartável. Sempre foi a de uso contínuo. Dependendo do dia, tirava ela 12 ou mais horas dps.
Mas a descartável sei q o uso máximo é de 10 horas.

Não assisti nenhum desses ainda, salvo o REC 1 que na verdade assisti uma refilmagem americana muito das vagabundas chamada Quarentena... não perca tempo! Mas quero assistir alguns daí sim!

Bjokas
Ana

Mía said...

Eu não sei o tempo máximo de uso das descartáveis não.
Melhor se informar com o oftalmo ou até mesmo na ótica onde vc comprou.
Mas respeite este período. É super ultra hiper importante. De verdade, foi nessa de achar q não não não, dá pra usar por mais 1 ou 2 meses q me ferrei =/

Wally said...

Odeio este "A Sétima Vítima", mas adoro "Possuídos", um filme ótimo extremamente bem atuado.