CANADÁ retira exigência de VISTO para ALGUNS brasileiros | Como funciona o eTA

Saturday, January 30, 2016 Mandy

Atualização (5 de novermbro de 2016): o eTA para Brasileiros vai entrar em vigor a partir de 1° de Maio de 2017!

____________________________________________________________________________________________

Em alguns casos brasileiros não precisarão mais de visto para visitar o Canadá. 

Com o intuito de facilitar o turismo no Canadá, em 1° de Maio de 2017, a exigência de visto será retirada para brasileiros que: 1) já tiveram um visto canadense nos últimos 10 anos ou 2) tenham um visto estadunidense válido (que não seja de imigrante) estará isento de apresentar um visto de turismo para entrar no Canadá. 

O eTA é a versão canadense do ESTA. Sua obtenção é muito mais simples, rápida e sem burocracias. O eTA só é valido para a entrada pelo ar (avião) e não se aplica para entrada marítma e terrestre.

Além disso, a diferença de custo sera grande. Hoje o custo do visto de turismo é 100 dólares canadenses (ou $185, caso você precise fazer o cadastro de dados biométricos), enquanto o eTA custa somente 7 dólares canadenses.

Com o dólar americano tão alto, vai ficar mais fácil vir explorar o Canadá!



➥ Links 

Informação sobre o eTA em várias línguas

Manual do eTA em português

Perguntas frequentes sobre o eTA para varias nacionalidades

COMO TRABALHAR no CANADÁ | 10 profissões que estão NEGANDO VISTO

Vídeo em português

Verifique as nacionalidade que não precisam de visto

Seriado Border Security

Custo do visto de turismo (sem eTA)

Site oficial do governo canadense: CIC (Citizenship and Immigration Canada)

Teste de Eligibilidade para vir para o Canadá

Chegada no CANADÁ: VIAGEM internacional Toronto - Miami - Salvador

VIAGEM INTERNACIONAL: Os DEZ MAIORES ERROS cometidos pelos viajantes!

Como é um Voo Internacional? VIAGEM Internacional via AIR CANADA

Chegada no CANADÁ: VIAGEM internacional São Paulo - Toronto

CONSEGUI O VISTO CANADENSE | Residente Permanente | Brasileiros no Canadá | Fronteira com os EUA

Post atualizado em 5 de Novembro de 2016.